APC na Mídia

Aqui você confere uma lista de matérias, reportagens, vídeos e imagens das vezes em que o trabalho da APC apareceu na mídia. Estas aparições são muito importantes para difundir conhecimento e informação sobre a Doença de Parkinson e atrair novos voluntários e doações que serão muito importantes para que Associação Parkinson Carioca cumpra de forma cada vez melhor e mais abrangente a sua missão.

Você, leitor, também pode ajudar neste trabalho das seguintes formas:

  • Se encontrar alguma menção à APC na mídia ainda não listada aqui é só enviar para contato@parkisoncarioca.com.br e adicionaremos;
  • Caso tenha acesso a algum veículo de mídia, comunicador ou jornalista que possa se interessar em fazer um trabalho relacionado à APC estamos de portas abertas, é só fazer contato pelo mesmo email;
  • Outra forma de ajudar é simplesmente divulgar os links e materiais aqui desta lista nas suas redes sociais e para os seus contatos, principalmente os que sejam portadores da DP, cuidadores ou parentes e os que possam se interessar em trabalhar voluntariamente conosco ou realizar uma doação. Outros links importantes para divulgação são a nossa página no Facebook e a nossa campanha na plataforma Benfeitoria.

Aparições da APC na Mídia

APC no programa Top Hits da Rádio América Rio

Top Hits – Rádio América Rio

A presidente da APC Wilma Costa Souza e o Advogado e voluntário Guilherme José Pereira foram convidados e participaram do programa Top Hits.


Associação no Engenho de Dentro oferece atendimento gratuito a Pessoas com Mal de Parkinson

Jornal Posto Seis

A edição 494 do jornal Posto Seis que circula na segunda quinzena de Novembro de 2018 traz uma ótima matéria sobre a APC.


Pacientes com Parkinson sofrem sem remédios para controlar a doença

Record TV – RJ no Ar

Pacientes em tratamento contra o Parkinson têm tido dificuldades para obter os medicamentos fornecidos pelas farmácias do governo estadual. De acordo com a Associação Parkinson Carioca, a falta desses remédios de alto custo é frequente e prejudica pacientes que não têm condições de comprá-los, e acabam obrigados a interromper o tratamento.


Pacientes com mal de Parkinson estão sem remédio na rede pública do Rio

O Globo e Extra

RIO — Carlos Ney, de 64 anos, pede inúmeras desculpas quando fala ao telefone pelas batidas que o aparelho dá no móvel. É possível ouvir o ruído na linha, um barulho repetitivo e irrefreável. Carlos, morador de Engenho de Dentro, tem mal de Parkinson, mas só não consegue controlar os movimentos porque está sem dois medicamentos há quase um mês já que sumiram da RioFarmes, farmácia do Governo do Estado.


Associação Parkinson Carioca oferece atendimentos gratuitos

Rio Notícias

Fundada por servidores públicos e colaboradores a ASSOCIAÇÃO PARKINSON CARIOCA, no Engenho de Dentro, atende gratuitamente aqueles que possuem esta condição crônica, degenerativa, de causa desconhecida e que ainda não tem cura.


Falta remédio para Parkinson em farmácia do município

Extra

Há quatro meses, a aposentada Josineide Silva, de 58 anos, tenta pegar na Policlínica Newton Betlhem, na Praça Seca, Zona Oeste do Rio, o medicamento de que precisa para controlar os sintomas do mal de Parkinson. A resposta é sempre a mesma: está em falta. A doença, diagnosticada há dois anos, já dificulta o caminhar e a fala da aposentada. O remédio Prolopa é a única opção para reduzir os sintomas. O custo mensal, de R$ 700, vem sendo dividido entre a família.


Evento no HFB debate direitos dos pacientes com Parkinson

Cremerj

O Hospital Federal de Bonsucesso (HFB) sediou uma mesa redonda sobre os direitos dos pacientes com doença de Parkinson, que aconteceu nesta quarta-feira, 24, no auditório da unidade. O evento, organizado pela Associação Parkinson Carioca (APC), teve participação do CREMERJ e da assessoria jurídica da Universidade Castelo Branco. 


Representante do Crefito-2 fala sobre Fisioterapia no tratamento do paciente de Parkinson

Crefito-2

Foi ao ar no dia 18 de abril de 2016, pelo Canal Futura, o programa Conexão Futura que abordou o tema “Como diagnosticar e conviver com a Doença de Parkinson”. A doença atinge 10 milhões de pessoas em todo o mundo, segundo estimativas. O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 2ª Região (Crefito-2) foi representado pela coordenadora da Câmara Técnica de Fisioterapia Neurofuncional, Dra. Wilma Costa. A especialista, que possui grande expertise na área, também preside a Associação Parkinson Carioca.


Dia Mundial da Doença de Parkinson é lembrado no Rio

Exame

Rio de Janeiro – No Dia Mundial da Doença de Parkinson, lembrado hoje (11), profissionais da saúde, voluntários e pessoas que convivem com a doença promoveram uma campanha de conscientização na Estação Central do Brasil do metrô, no centro da capital fluminense. Uma equipe distribuiu materiais informativos e esclareceu dúvidas da população sobre a doença, que atinge pelo menos 300 mil brasileiros.


Sucesso absoluto do Dia Internacional do Parkinson!

Abrafin

No dia 15 de abril de 2012 na Cidade das Crianças, Parque do Flamengo – Rio de Janeiro – a ABRAFIN participou das comemorações do Dia Internacional do Parkinson. Em parceira com a Associação Parkinson Carioca, a ABRAFIN promoveu um dia de conscientização sobre a doença.


Dia de conscientização da Doença de Parkinson no HFB

Hospital Federal de Bonsucesso

O Hospital Federal de Bonsucesso recebeu nesta quinta-feira (18/10/2012), de 9h às 12h, Na Praça da Liberdade, profissionais da Associação Parkinson Carioca (APC) que, em conjunto com acadêmicos de fisioterapia da Unidade, coordenados pela fisioterapeuta Luciene de Paula Lemos, distribuíram material informativo e prestaram esclarecimentos à população sobre a doença. Os profissionais também visitaram as salas de espera e ambulatórios do Hospital. O evento foi uma atividade pré Congresso Brasileiro de Fisioterapia Neurofuncional, em parceria com a Associação Parkinson Carioca. O HFB foi um dos pólos de instrução e orientação à população sobre a doença, com o apoio da Coordenação de Atenção Comunitária e Voluntariado (CACVOL).